Muitas pessoas ainda não compreendem a importância de organizar as finanças pessoais, mas sentem os efeitos negativos dessa negligência: dividas altas, inadimplência, nome sujo. Uma forma eficaz de evitar essas consequências indesejáveis é usar um aplicativo de finanças pessoais.

O controle financeiro permite calcular as despesas, fazer bons investimentos, montar uma reserva financeira para o futuro e assim por diante. Neste post, vamos mostrar 8 opções de aplicativo de finanças pessoais que vão ajudar no controle de seu orçamento doméstico e permitir que você faça melhor uso de seu dinheiro!

Veja a importância de um aplicativo de finanças pessoais
Um aplicativo de finanças pessoais é uma valiosa ferramenta que permite ao usuário uma gestão mais precisa sobre seu dinheiro. Tudo na palma da mão!

Atualmente, é possível usar a tecnologia com eficiência para a manutenção das contas domésticas. Os aplicativos permitem controlar todos os valores que entram e que saem durante o mês. A automação proporcionada pelo aplicativo de finanças pessoais possibilita análises mais precisas e, portanto, mais confiáveis.

É possível acessar diferentes funcionalidades que promovem a análise dos dados registrados por meio de gráficos que separam as despesas em categorias diferentes ou analisam sua performance ao longo do tempo.

Ao contar com uma plataforma de gestão, você controla suas finanças de qualquer local em que esteja. Além disso, um software mais completo dá acesso a diferentes produtos/serviços, incluindo conta corrente, linhas de crédito/financiamento, seguros, cartões e outros — como ocorre com um banco tradicional.

Isso só é possível graças à tecnologia digital da atualidade, que permite o desenvolvimento de avançados softwares na nuvem, os quais conferem plena segurança e eficiência nos processos.

Conheça 8 modelos de aplicativo de finanças pessoais
A seguir, listamos 8 opções de aplicativo de finanças pessoais que certamente vão ajudar você no gerenciamento de suas finanças. Confira!

1. Organizze Finanças
Esse aplicativo pode ser acessado na nuvem, pelo navegador, e está disponível para iOS e Android. É um aplicativo de finanças pessoais simples e prático. Além do controle financeiro, ele permite definir metas, configurar alertas para vencimento das contas, centralizar a gestão dos cartões em apenas um lugar.

Uma das principais vantagens desse aplicativo é que ele tem interface intuitiva, com visual simplificado. Esse design facilita o uso para qualquer pessoa. Mas ele também tem suas limitações na versão gratuita. Para ter acesso a todas as funcionalidades, é preciso a versão paga, com pagamento mensal.

2. Guia Bolso
Também é um aplicativo que pode ser acessado via navegador ou nas lojas da Play Store e App Store. O Guia Bolso ajuda a planejar as finanças de modo fácil, sem complicações. Entre seus recursos, podemos citar a separação automática das despesas em categorias. Também é possível definir metas para cada uma dessas categorias.

Uma boa vantagem desse aplicativo de finanças pessoais é a automação da sincronia entre despesas e receitas. Para conseguir essa sincronização, devemos fornecer os dados de acesso do internet banking. O aplicativo utiliza criptografia para ter acesso à conta do banco, de forma que não é possível efetivar nenhuma operação financeira através dele.

Uma das desvantagens é, por coincidência, sua maior vantagem, ou seja, é preciso fornecer dados da conta bancária. Apesar de a empresa garantir a segurança no armazenamento dos dados, o usuário deverá se sentir à vontade ao fornecer seus dados da conta bancária.

3. Minhas Economias
O aplicativo Minhas Economias pode ser acessado por navegador ou na forma de apps para iOS e Android. É uma ferramenta que garante boa gestão orçamentária sem pagar nada. O usuário coloca seus dados referentes à receita e às despesas no aplicativo e, com a ajuda de gráficos e planilhas gerados automaticamente, ele faz o monitoramento dos gastos.

Uma das maiores vantagens é que ele é totalmente grátis — todas as suas funcionalidades podem ser acessadas gratuitamente.

Por outro lado, sua gratuidade limita a quantidade de recursos do aplicativo de finanças pessoais. Por exemplo, ele não conta com preenchimento de dados automático, nem importa muitas operações financeiras simultaneamente.

4. Mobills Finanças Pessoais
Da mesma forma que os outros aplicativos, o Mobills Finanças Pessoais está disponível na App Store e na Play Store e ainda pode ser acessado direto no navegador. O app é utilizado para desenvolver seus objetivos, registrar os custos e monitorá-los, além de gerar gráficos para análise do orçamento.

Uma boa vantagem é a disponibilidade gratuita do aplicativo. Mas existe também a versão paga. Na versão grátis, as receitas e as despesas podem ser divididas em categorias. As informações são diretamente sincronizadas no servidor, o que evita perdas se houverem extravios ou problemas no aparelho.

A versão gratuita oferece recursos limitados, como ocorre com todos os apps que oferecem duas versões (gratuita e paga). No plano gratuito, não é possível acessar pela plataforma online.

5. Coin Keeper
Esse aplicativo de finanças pessoais ajuda na gestão do orçamento de forma divertida. Ele mostra a situação das finanças do dia a dia, envia recados sobre as dívidas que devem ser pagas e sobre as movimentações de rotina.

Outro recurso interessante é a análise das despesas categorizadas e a indicação sobre qual dessas categorias está saindo mais cara.

6. Wisecash
O Wisecash oferece gráficos e sínteses mensalmente por categoria de custos e possibilita o controle sobre esses gastos.

O aplicativo permite o agendamento de qualquer operação recorrente, ou seja, que acontece todos os meses. Consequentemente, você evita repetir uma mesma operação ou não fazer essa operação devido a esquecimento.

A interface simples é uma grande vantagem para os usuários que estão começando a manipular agora o aplicativo.

7. Finance
Finance é um bom aplicativo para pessoas iniciantes, porque é simples de usar e, mesmo em sua simplicidade, disponibiliza bons recursos para garantir uma boa gestão do dinheiro.

Ao final de cada mês, o app gera um gráfico com o registro de todas as receitas e de todos os gastos. Isso torna mais fácil a elaboração de um bom planejamento financeiro. Ele aceita quatro moedas:

Real, Euro, Dólar, Libra.


8. Orçamento Fácil
Esse aplicativo de finanças pessoais possibilita ao usuário a conferência financeira por meio de diferentes gráficos e programações das movimentações do dinheiro.

Você ainda pode fazer a configuração de uma conta padrão para efetuar seu orçamento. O aplicativo também envia notificações que lembram a necessidade de fazer o registro das transações do dia. Outra funcionalidade é o fornecimento de uma seção que possibilita a visualização de um resumo referente ao fluxo de caixa do último mês (ou outro período).

Esses 8 exemplos de aplicativos de finanças pessoais vão promover uma gestão financeira mais precisa, menos erros de cálculos e menos atrasos no pagamento das dívidas.

Fonte: Unicred

Post a Comment