Todo início de ano fazemos várias promessas, e muitas delas são relacionadas às nossas finanças. Por esse motivo, separamos um artigo completo para você saber como manter a sua saúde financeira em dia em 2022 e conquistar muitos novos objetivos apenas por meio do planejamento financeiro. Confira!

COMO INICIAR O ANO COM AS FINANÇAS EM DIA?

Uma forma de começar um ano sem dívidas e organizado financeiramente é criar uma planilha financeira com duas listas, sendo a primeira as despesas fixas mensais, como aluguel, parcelamento da casa, do carro, plano de saúde, seguro e outros.

A segunda planilha deve ter gastos adicionais como: TV por assinatura, despesas no cartão, conta da internet, valores gastos com entretenimento, valores que você pode precisar gastar com medicamentos, academia e estética.

Todos esses gastos devem ser contabilizados e devem estar na planilha, principalmente os esporádicos como: passeios, férias em família e até aquela passada na sorveteria. O mais importante neste exercício de saúde financeira é ter o panorama completo de quanto se gasta e quanto se tem de receita.

Ter essa visão, irá contribuir para você saber o que pode ser retirado da lista e o que pode ser diminuído. O passo mais difícil para as pessoas que buscam a estabilidade financeira, geralmente, está em controlar os gastos esporádicos. Por isso, é tão importante ter essa consciência.

TENHA UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO CONSTANTE:

O planejamento financeiro pode começar como uma forma de solução imediata para controlar os gastos e também para verificar quanto de receita líquida você terá após finalizar o pagamento de todas as contas fixas.

Assim você poderá compreender como o seu fluxo de caixa funciona, entendendo o quanto você tem de capital, quanto você possui em gastos e o quanto você pode investir em uma poupança ou até mesmo na aquisição de um bem.

Tenha em mente que o planejamento não é uma ferramenta momentânea, mas sim, necessária. Por isso, invista em um planejamento pelo menos pelo período de 6 meses, assim, você poderá constatar os resultados efetivamente.

Outra dica, não pare de usar o planejamento quando atingir seus objetivos, pois essa é uma ferramenta que pode te ajudar a se preparar para incertezas. Com a chegada da pandemia, muitas famílias adotaram o planejamento financeiro, não apenas para compreender que momento estão enfrentando, mas também para continuar alinhando suas finanças.

ENVOLVA SUA FAMÍLIA NO PLANEJAMENTO:

O planejamento financeiro deve ser familiar e deve envolver todos os membros. Então, alinhe com todos os membros da família quais são as prioridades, os gastos fundamentais e aqueles sendo mais supérfluos, considerando as necessidades individuais e as necessidades coletivas.

Ensinar as crianças a ter um planejamento financeiro, guardar dinheiro para necessidades e até mesmo entender o valor do dinheiro faz parte do aprendizado. Incluí-los em processos como esses é muito importante para a formação deles como consumidores e futuros compradores.

 

O planejamento financeiro familiar ajuda muito na educação financeira, a pensar no futuro e em quais são nossos objetivos. Ter esses pontos bem definidos ajudará a passar para as crianças a importância da organização financeira e como controlá-la.

A aprendizagem financeira pode fazer toda a diferença para a vida de uma família que busca comprar um novo imóvel, um carro ou até mesmo investir em alguma moradia melhor.

O QUE É O PLANEJAMENTO FINANCEIRO:

Sei que falamos bastante sobre o planejamento financeiro, mas ainda não explicamos o que ele é a fundo, por isso preste bem atenção a partir de agora que as dicas são preciosas.

Primeiramente o planejamento financeiro é voltado a organização das finanças pessoais, que pode ser a combinação de estratégias para ajudar uma pessoa a compreender melhor os problemas financeiros que possui, algumas dessas estratégias são focadas em metas e objetivos.

É por meio do planejamento financeiro que muitas pessoas traçam um mapa para guiá-los até a conquistas de seus sonhos como: a casa própria, um carro, uma viagem e até mesmo uma capacitação a mais no currículo.

Todos esses sonhos envolvem investimento financeiro e por esse motivo eles dependem de planejamento e precisam estar no seu guia. Mapear essas conquistas pode te trazer segurança ao realizá-las e conforto ao assumir um compromisso financeiro de longo prazo com cada uma delas.

QUANDO USAR O PLANEJAMENTO FINANCEIRO?

O planejamento financeiro, diferente do que muitos pensam, não é apenas para trazer soluções para quem está com dificuldade financeira. Ele deve ser aplicado durante a vida toda. Ele traz organização e permite que as pessoas conheçam seus gatilhos financeiros.

Mas pense que ele não precisa ser usado apenas para deixar as suas finanças em dia, você pode fazer um planejamento micro apenas para conquistar seus objetivos pessoais. Quer um exemplo? Você pode fazer uma planilha macro, com todos os gastos e receitas e fazer uma planilha com uma visão micro apenas contabilizando os valores disponíveis para investimento.

Com esse micro planejamento você pode mapear o seu caminho até o objetivo, sendo assim, você pode inclusive, trabalhar especificamente com esse micro planejamento para conquistas a curto, médio e longo prazo.

TIPOS DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO?

Como o planejamento financeiro é uma ferramenta de organização, ele pode ser personalizado, mas para isso primeiro é necessário conhecer os tipos que já existem, para então personalizar aquele que mais se identifica com a sua realidade. Veja abaixo!

  • Planejamento financeiro pessoal: esse é o planejamento macro, focado em apenas uma fonte de renda, ou seja, para pessoas que moram sozinhas ou para provedores financeiros únicos.
  • Planejamento financeiro familiar: neste caso estamos falando de duas ou mais pessoas que provêm o sustento de uma casa, portanto neste planejamento teremos mais de uma prioridade, teremos mais gastos fixos e uma maior quantidade de pessoas envolvidas na decisão.

Conhecendo a fundo esses planejamentos você pode aprender a ouvir mais no planejamento familiar, por exemplo, onde as necessidades são diversas, de diferentes origens e com vários objetivos.

CONCLUSÃO:

O planejamento financeiro pode ser a porta de entrada para várias novas conquistas, uma delas é a tão sonhada casa própria. Mas para assumir um compromisso financeiro de longo prazo é muito interessante fazer um planejamento contínuo que favoreça uma visão financeira do futuro.

Inclusive a Cataguá Construtora trabalha com vários projetos que oferecem subsídio e parcelamento facilitado através do programa habitacional Casa Verde e Amarela. Entre em contato com a equipe da Cataguá e conheça as opções de imóveis na sua cidade e região.

Post a Comment